O que nos aconteceu?

postado em: Blog | 0

Você se lembra de quando a vida era mais simples? Se lembra quando você olhava para as nuvens e conseguia ver animais? Consegue se lembrar do seu primeiro amor de escola? Ainda lembra do frio na barriga que você sentiu … leia mais

postado em: Blog | 0

eu me escondo atrás do vento, na vã tentativa de conter a tempestade que me assola diuturnamente Stellio Mendes | @stelliomendes

Quando você conheceu?

postado em: Blog | 0

sentei com um preto pra conversar tinha algo que tava preso no meu olhar perguntei com que idade ele conheceu a igualdade ele me olhou atravessado sorriu e se encostou do meu lado disse que só tinha escutado isso uma … leia mais

Carta para Deus

postado em: Blog | 0

Abram as fronteiras, pois meu povo precisa de água e pão. Abram as fronteiras, pois se Jesus tivesse vivo hoje, não entraria nesses países e não salvaria as nossas nações. Abram as porteiras, pois a carne bovina e suína, que … leia mais

Poemas de meio-fio

postado em: Blog | 0

No mesmo engano, cumpria alimentar o meio. Sempre tinha um oco que cabia preenchimento. Passou a se acostumar com toda aquela solidão. Muitas vezes frio e outras quente, observava de longe o aceno da caneta. Muita gente o observou, mas … leia mais

Não existe mapa!

postado em: Blog | 0

Qual o objetivo da vida? Seremos sempre moldados com aquela antiga aula de biologia? Onde o indivíduo nasce, cresce, reproduz e morre? Duvido muito, estamos na era do capitalismo selvagem e da ansiedade. Hoje em dia, crescemos ouvindo: “estude para … leia mais

Canções da matina

postado em: Blog | 0

Deixo o diga chegar, mas não por obrigação. Sigo escorregando entre lapsos, viajando nos sons dos pássaros anunciando a manhã em forma de canção. Não consigo distinguir dentre os cantos qual é de fato o cantor, mas dentro de mim … leia mais

Olhos de cigana oblíqua, dissimulada e livre.

postado em: Blog | 0

Eram fortes, profundos e prendiam a minha atenção. Ela não era bonita, não era alguém que se destacava em meio a multidão. No entanto o brilho que seus olhos refletiam eram capazes de me roubar o fôlego. Perdi-me em uma … leia mais

A microliteratura de @autorinha

postado em: Blog | 0

MEMÓRIAS Estava a te olhar… no mergulho daquele momento singular, questionei-me na quantidade de coisas que teus olhos já viram, tua pele sentiu e tua lembrança guarda. Tens invejáveis memórias. A(MAR) Ao anoitecer daquele último dia de verão, Ana estava … leia mais

estorvo

postado em: Blog | 0

tentativa vã e de falsa ingenuidade de encontrar identidade ​à criança que fui e à esta tentativa que sou o que há de significativo? não sei portanto, tenho aval para escrevê-lo tentativa minha que não significa a mim ou ao … leia mais

1 2 3
Fale Conosco
Olá, gostaria de saber mais sobre a FLIC? Basta chamar que a gente responde!